O Ação realiza um debate com as famílias sobre os perigos atuais da internet

Tema recorrente na sociedade, os perigos advindos do mal uso da internet, tem preocupado famílias e escolas atualmente, principalmente devido à vulnerabilidade de crianças e jovens à conteúdos inadequados e a um mal uso do tempo de acesso. Com o objetivo de debater sobre esses perigos e orientar com algumas medidas simples, o Ação realizou um debate com a psicóloga Thalita Langbehn e a psicopedagoga Aline Abreu, além da importante colaboração de pais e educadores.

Uma das principais orientações foi o monitoramento do tempo de acesso, da observação dos conteúdos vistos e do próprio comportamento da criança e do jovem, os pais devem sempre estar abertos ao diálogo, mesmo em assuntos delicados, ensinando e fortalecendo os valores familiares.

“O uso da internet e demais tecnologias é um aspecto encontrado em qualquer população e em qualquer faixa etária. Inicialmente, acreditávamos que deixar os filhos em casa sob uso de um celular seria mais proveitoso e menos arriscado do que deixá-los livres em um meio social.

Hoje a visão se altera e entendemos que também somos seres digitais, mas que precisamos de uma mediação e equilíbrio para que o uso não se transforme em abuso. E o que aparentava ser tranquilo não seja um pesadelo.

Diante desse novo quadro e de demandas tão novas vivenciadas pelas famílias, entendemos que a melhor forma de proteção é a orientação acerca do uso das tecnologias. Proibir não funciona, monitorar sim.

Aos pais, cabe a orientação, a supervisão e o diálogo constante com seus filhos. Propor atividades de interação social, estabelecer vínculos afetivos mais fortes que se baseiem no diálogo aberto e, sempre, na definição clara de limites.” Nas palavras da psicóloga.

Escola e família devem unir forças, debater temas sensíveis e necessários ao crescimento emocional e social de nossa juventude buscando uma vida saudável e feliz.

Da Redação.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *