Turmas do 4° ano realizam estudo de campo no distrito de São Gonçalo

Uma das propostas de nossa escola é levar nossos alunos a ter experiências concretas que permitam a utilização do conhecimento adquirido, baseado nos 4 pilares da educação ( aprender a aprender, aprender a fazer, aprender a ser e aprender a conviver), buscamos aliar conteúdos de sala de aula e bons momentos, observem agora o relato da professora Alisandra Gomes sobre o estudo de campo:

“A proposta do estudo de campo foi motivada por curiosidades e questionamentos que surgiram durante as aulas sobre os diferentes tipos de plantas , suas características e importância das mesmas para manutenção da vida na Terra. Na ocasião, tivemos a oportunidade de visitarmos o Perímetro Irrigado de São Gonçalo, observando sua vegetação e espaços de produção agrícola, analisando a situação de açude que abastece a nossa cidade, refletindo sobre o uso consciente dessa água tanto para o processo de irrigação, quanto de consumo em nossas casas. No IFPB, as crianças puderam conhecer uma estufa com diferentes tipos de plantas, aprendendo um pouco mais sobre suas características e como cultivá-las . Nesse ambiente de ricas aprendizagens, abrimos as portas das nossas salas de aula para explorarmos novos saberes e vivênciá-los, auxiliando no processo de ensino aprendizagem. Sendo assim, compreendemos que o estudo de campo é uma metodologia muito eficaz no processo de ampliação e consolidação dos conhecimentos, permitindo ao aluno um contato mais amplo referente as temáticas abordadas, unindo teoria e prática, onde as emoções, sentimentos e diferentes percepções auxiliam nesse processo explorando assim novas possibilidades de ampliar e consolidar os conhecimentos.

Ao final, cada criança retornou para escola com uma muda de planta de sua preferência doadas pelo IFPB sendo orientadas de como cultivá-las, e serem protagonistas e multiplicadores dessa proposta de projetarmos um planeta mais verde.

Encerramos nossa manhã fazendo um piquenique no sítio de dos familiares de um aluno que mora no local visitado estreitando os laços entre família e escola.”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *